Showing all posts for Notícias


03.01.2020
Postado por Lucas Teixeira

Vanessa começou o ano com tudo! Capa da edição de Fevereiro da revista Cosmopolitan do Reino Unido, ela concedeu uma entrevista onde falou sobre sua carreira, saúde mental, relacionamentos e seu mais recente projeto, o filme “Bad Boys Para Sempre” (que chega aos cinemas brasileiros no dia 30 de Janeiro).

Na edição, foram usadas fotos inéditas da sessão fotográfica feita por Dennis Leupold para a Women’s Health em 2018, onde Hudgens aparece em uma vibe bem praiana.

Confira abaixo a entrevista completa, traduzida e adaptada por nossa equipe:

De sensação adolescente à protagonista de sucesso, Vanessa Hudgens provou ser a mestre da reinvenção. Mas… o que vem a seguir?

Vanessa Hudgens é o tipo de mulher que seria muito fácil de odiar. Com apenas 31 anos, ela já teve o tipo de carreira que a maioria de nós sonha. Ela conseguiu beijar Zac Efron na tela por três anos – e fora da tela por mais dois. Ela protagonizou uma trilogia de sucesso, High School Musical, aos 19 anos. Possui duas casas e vive em harmonia com seu igualmente bem-sucedido namorado de oito anos, o ator Austin Butler. E este mês ela estrelará ao lado de Will Smith na maior sequência de ação do ano, Bad Boys Para Sempre.

Tudo bem, ela começou a plantar suas sementes com 14 anos de idade, quando a maioria de nós ainda estava pensando em qual contorno de lábios era o mais adequado (resposta: nenhum), consolidando seu lugar em Hollywood como Gabriella Montez em High School Musical um ano depois – e não para por aqui. Embora fosse fácil aproveitar a glória de sua fama na Disney, Hudgens, ao que parece, não é fã de fazer o que se espera dela. É por esse motivo que, longe de ser odiada, ela conseguiu acumular respeito global de fãs e críticos.

São 11 da manhã em Los Angeles e Hudgens acordou em sua própria cama, em sua mansão palaciana estilo mediterrâneo, pela primeira vez desde que ela se lembra. Ela terminou 2019 com o lançamento de seu segundo filme da Netflix, Um Passado de Presente, após o sucesso de A Princesa e a Plebeia. Antes disso, depois da fama de High School Musical, ela evitou interpretar o mesmo tipo de personagem em papéis como Candy, uma garota festeira que andava armada ao lado de outras ex-estrelas da Disney, Selena Gomez e Ashley Benson, em Spring Breakers. No entanto, até as estrelas de cinema não estão imunes ao estresse da idade adulta.

“Eu definitivamente sinto mais ansiedade agora do que jamais senti em toda a minha vida. Você se torna adulto e as coisas se tornam reais. Tenho duas hipotecas e estou gastando muito mais dinheiro do que gostaria de gastar – acho que toda essa coisa de pagar impostos realmente prejudica seu bem-estar – toda essa merda de adulto com a qual você não tem que lidar quando criança, você pode viver jovem e livre, e no futuro tudo isso desaparece.”

Se você olhar para outras estrelas que se tornaram o centro das atenções com a mesma idade (ou menos), você percebe que as coisas poderiam ter sido muito piores do que algumas noites sem dormir relacionadas à administração da vida. Então, como ela evitou a maldição da estrela infantil que afetou pessoas como Lindsay Lohan, Mischa Barton e Britney Spears?

“Olhando para trás, parece outra vida. Quero dizer, estou cansada com certeza. Cuido bem de mim. Conheço as coisas que mais importam – eu amo meu trabalho, mas meu trabalho não é tudo. Minha família é – meu parceiro e meus amigos são as coisas que me mantêm com os pés no chão”.

O parceiro em questão não é Efron, no qual ela se separou em 2010 após um relacionamento de cinco anos. Hudgens me diz que ela não “vê ou fala com ele há anos”, embora ela ainda tenha o colar de T que seu personagem Troy deu a Gabriella no segundo filme. “Eu sinto que preciso vendê-lo para fins de caridade, porque está literalmente enferrujando dentro de um saquinho!”

Não, na verdade, é com Austin Butler, com quem ela está desde 2011, que informa grande parte de sua vida agora. “Fazemos oito anos este ano – FaceTime, boa comunicação, respeito e confiança [são o que mantém nossa relação]. O maior tempo em que ficamos separados foi quatro meses. É péssimo! Você começa a odiar ouvir a si mesmo dizer ‘sinto sua falta’. Mas se é a pessoa que você ama, você faz funcionar.”

Mas não é apenas Butler que a mantém com os pés no chão. Desde que conquistou a fama em uma idade tão jovem, Hudgens – que foi criada na Califórnia por sua mãe, Gina, uma trabalhadora de escritório nascida nas Filipinas, e seu falecido pai, Greg, um bombeiro – ela credita sua veia sensata à meticulosa rede de apoio que ela teve ao seu redor ao crescer.

“Eu acho que você se torna quem você se cerca, então eu acho que é realmente importante ter um grupo de amigos que reflete o tipo de pessoa que você quer ser. Eu nunca fui a uma das boates badalas de Los Angeles. Eu realmente não gosto. Adoro uma boa rave, tipo, me leve para Nova York ou Berlim e me coloque no subsolo em um armazém com lasers e máquinas de fumaça e eu vou viver meu melhor momento. Isso é algo que me faz ser quem sou e permite que minha alma floresça.”

“Eu também era uma criança muito tímida. Eu sempre amei atuar e estar no palco e me esconder atrás de um personagem, mas quando se tratava de mim, Vanessa, eu nunca fiquei muito confortável com isso – e é algo que ainda estou me acostumando. Acho que ser uma criança tímida realmente me ajudou a não seguir o caminho errado – ser um pouco anti-social, literalmente”.

Essa timidez foi famosa por ser testada em 2007, quando Hudgens se tornou uma das primeiras estrelas a ter sua privacidade violada por um vazamento de fotos nuas. Na época, não havia muita simpatia do público pela estrela do Disney Channel e, em vez de ser vista como uma vítima cuja privacidade havia sido violada violentamente, ela foi acusada de ter tirado fotos comprometedoras e forçada a pedir desculpas por algo que ela não tinha controle.

“Foi algo realmente traumatizante para mim. É realmente uma merda que as pessoas sintam que têm o direito de compartilhar algo tão pessoal com o mundo. Como atriz, você perde completamente todo o controle de sua própria privacidade e é realmente triste. Parece que esse não deveria ser o caso, mas, infelizmente, se houver um número suficiente de pessoas interessadas, elas farão tudo o que puderem para conhecerem o máximo possível sobre você, o que é lisonjeiro, eu acho, mas então as pessoas vão longe demais e acabam divulgando coisas que devem ser pessoais.”

“Eu acho que é porque há uma desconexão quando você vê sua atriz favorita na tela, e você as vê agora na TV em suas casas, e pode assisti-las quando quiser. Há quase – não quero dizer falta de respeito, porque isso parece negativo – mas apenas faz você sentir que as conhece, mesmo que não conheça”.

Olhando para trás agora, com o benefício da retrospectiva, parece que esse momento pode ter sido a criação da pessoa que ela é hoje; que, apesar da história da Disney e dos papéis “típicos” de protagonista, – não se engane – é uma profissional durona que jura como um soldado e não aceita qualquer merda de ninguém. Eu mesma descobri isso quando levantei o tópico do movimento #MeToo em Hollywood.

“Fui abordada de maneiras que não são apropriadas. Estive em situações em que fui abordada de maneira inadequada, mas naquele momento, eu fui a pessoa que disse ‘Não. Por que você está dizendo isso? Você está completamente fora da linha. Eu sou o tipo de pessoa em qualquer situação, seja uma audição ou no trabalho, que se me sentir desconfortável, vou me afastar ou avisar que essa pessoa está me deixando desconfortável. Respeite isso, eles podem se f*der. Se alguém não gostar disso, literalmente eles podem se f*der. Contanto que você se mantenha firme, ninguém o derrubará.”

Hudgens faz uma pausa para recuperar o fôlego, quase surpresa por sua repentina liberação de emoção. “Eu sempre fui uma grande defensora de ser fiel a si mesmo. Nem todo mundo vai gostar disso – bem, que bom. Isso faz de você um indivíduo. Isso o torna único. E se somos todos iguais, qual é o objetivo? É importante cuidar um do outro, especialmente neste setor, e perceber que é difícil. Já é muito difícil, ninguém precisa dificultar ainda mais as coisas.”

Ser tão positivo, firme e resiliente exige investimentos anuais – a partir de janeiro de cada ano. “Para mim, o [Ano Novo] é um tempo de renascimento e novos começos. Sinto que é um momento em que tenho uma lista limpa e tenho 365 dias pela frente que posso realmente ser intencional com o que estou fazendo. Eu faço um quadro de visão todo 1º de janeiro. Imprimo várias fotos, lugares onde quero ir, quanto dinheiro quero economizar, que tipo de filme quero fazer, as pessoas com quem quero trabalhar e depois coloco na minha parede e vejo todos os dias para saber se estou trabalhando nisto.”

“Eu fiz isso nos últimos quatro anos, e é incrível como quando você é extremamente intencional sobre o que deseja fazer, no final do ano, você acaba verificando muitas coisas no seu quadro de visão. Também me recompenso quando faço essas coisas. Sou uma grande defensora de dar um tapinha nas costas. Me olho no espelho e digo: ‘Ei, garota, você está arrasando’.”

E arrasando ela definitivamente está. Qualquer que seja o futuro de Vanessa Hudgens, é claro que, tendo se envolvido tanto em sua carreira de uma década e meia, ela agora não sente necessidade de dançar ao ritmo de qualquer outra pessoa.

“Se você estiver se colocando lá, estará sujeito a críticas. É assim que as coisas são. Você precisa lidar com isso da melhor maneira possível, de um jeito saudável para você”.

Com uma fortuna de cerca de 10 milhões, 21 filmes em seu currículo e mais quatro a caminho, Hudgens passou de ícone adolescente à estrela de cinema de boa-fé de Hollywood com a idade que muitos de nós acabamos de descobrir como renovar nossa licença de TV. E com 2020 programado para ser seu maior ano até hoje, é seguro dizer que sua reinvenção ainda está longe de terminar.

Clique aqui para conferir a entrevista original.

Confira clicando em qualquer miniatura abaixo os scans e outtakes da revista:

FOTOS – Photoshoot, por Dennis Leupold

 

FOTOS – Scans

  

Categorias: Notícias
22.11.2019
Postado por Lucas Teixeira

Sem lançar um álbum há exatos 11 anos, parece que seguir carreira musical não está mesmo nos planos de Vanessa Hudgens – pelo menos não em breve.

Não é novidade para ninguém que atuar sempre foi sua prioridade. Lá em 2006, enquanto divulgava seu primeiro álbum de estúdio, o “V”, ela já deixava isso claro. Com 6 filmes para serem lançados entre 2019 e 2020 e se aventurando como produtora executiva, mais do que nunca seu retorno musical terá que esperar.

Apesar de deixar claro que não tem nada relacionado à indústria musical por enquanto, Hudgens não descartou a possibilidade futura. Em entrevista ao Yahoo! e ao Entertainment Tonight, ela falou um pouco sobre isso:

“Quem sabe? Em algum ponto. Definitivamente não em breve. Tenho andado tão ocupada agora… Atuar sempre foi minha primeira paixão, cantar anda junto com isso, porque eu comecei fazendo teatro musical, e é algo que eu realmente gosto, mas não é necessariamente minha prioridade no momento.”

“Definitivamente não estou trabalhando em músicas novas no momento. Isso não está nos planos em nenhum momento em breve. Mas, quem sabe? Eu amo música e amor cantar!”

Apesar de não ter planos para retornar à sua carreira de cantora, Hudgens estará sim envolvida em música em breve. Como falamos aqui, ela estrelará o filme musical “Tick, Tick… BOOM!” ao lado de Andrew Garfield e Alexandra Shipp, com direção de Lin-Manuel Miranda.

Categorias: Notícias
20.11.2019
Postado por Lucas Teixeira

Vanessa Hudgens foi escolhida pela Disney para estampar o editorial de fim de ano do portal de moda Who What Wear, que comemora os 91 anos da Minnie Mouse, apresentando a nova linha de produtos fashion inspirados na icônica personagem.

Fotografada por Adrian Mesko, com estilo assinado por Tracy Taylor, maquiagem por Patrick Ta e cabelo por David Von Cannon, a sessão foi marcada pelo look clássico da personagem: a estampa de poá e muitos laços.

Confira abaixo a entrevista, fotos e vídeo do editorial:

Em uma manhã ensolarada e fresca de outubro, durante aquela semana em Nova York, quando o verão finalmente termina, caminhei alguns quarteirões do meu apartamento até o estúdio onde estávamos filmando Vanessa Hudgens, que por acaso é minha vizinha. Até recentemente, nossas interações envolviam conversas animadas entre nossos namorados, que parecem rivalizar pelo título de ser humano mais vivo mais amigável, e breves conversas enquanto cruzamos o caminho de passear com nossas cadelinhas, sempre interrompidas por Ruby e Darla latindo uma para a outra como pequenas psicopatas adoráveis. Se você está imaginando que deve ser um grande salto para passar de saudações no corredor a passar um dia juntos gravando esta matéria de capa da edição de fim de ano inspirada na Minnie Mouse, bem, você está certo. Mas é Nova York para você, suponho.

Não é nenhuma surpresa que Vanessa tenha gostado tanto da história da moda que sonhamos filmar com ela. Acontece que ela é mais do que apenas uma fã casual da Minnie Mouse. “Eu amo a Minnie Mouse desde que me lembro”, ela compartilha. “Para mim, a Minnie é lendária.” Ela também é essencialmente a personificação moderna da personagem atemporal que todos nós crescemos. O estilo, seguindo as dicas da própria Minnie, estava perfeitamente alinhado com a inclinação natural de Vanessa de dançar ao longo da linha onde o clássico atemporal encontra o grande, o divertido, o arrojado e o contemporâneo. “Nós brincamos com a Minnie moderna e demos camadas e complexidade a ela”, revela Vanessa, descrevendo-se acidentalmente com perfeição. “Adicionamos coisas um pouco mais ousadas, como botas de combate e gargantilhas. Eu acho que a mensagem é que as mulheres não precisam ser uma coisa. Somos muito multifacetados. Quanto mais abraçamos nossa dualidade, mais fortes somos.”

Quando ligo para Vanessa para nossa entrevista na semana seguinte, quando ela está em uma pequena cidade em Oklahoma filmando seu próximo projeto, pergunto à californiana nascida e criada se Nova York ainda se sente em casa. “Sim; tornou-se um lar de verdade”, ela me diz. “Eu me sinto como uma nova-iorquina. Toda vez que volto para Los Angeles, sinto-me um pouco deslocada.” É certo que o estilo e a sensibilidade de Vanessa parecem ter evoluído além de suas raízes ensolaradas da Costa Oeste, embora essa mudança seja puramente geográfica ou simplesmente o resultado de existir aos 20 anos. Está em debate. “Meu estilo, e a evolução dele, é algo fascinante para mim”, revela ela. “Onde eu estava há dez anos é tão diferente de onde estou agora.” Pela maneira como Vanessa descreve sua aparência de uma década ou mais atrás, parece que ela era tão inspirada no Coachella quanto o resto de nós: “Foi uma época muito boho para mim. Eu sempre usava maxi vestidos com brincos de penas e cabelos compridos. Eu me sentia tão feminina e leve.” Agora, como uma autoproclamada nova-iorquina de 30 anos, ela me diz que seu estilo felizmente se transformou em algo mais sofisticado. “Eu aprecio mais linhas limpas. Aprecio mais as coisas clássicas. Adoro um visual icônico”, diz ela.

Enquanto Vanessa se divertia no set com uma vestidinho de poá da Saint Laurent – “muito clássica na estampa e na forma, mas com ombros fortes”, ela diz – e as botas grossas da Prada com as quais rapidamente se tornou obsessiva, ela se tornou lírica. A equipe de vídeo sobre cinematografia notável dos últimos tempos e seu amor sombrio por “filmes realmente bagunçados”. Observando-a, eu realmente não sabia exatamente se ela tinha a minha idade, alguns anos mais velha, ou mal conseguia ordenar legalmente um bebida. “Ninguém nunca acertou minha idade”, ela me diz, rindo ao acrescentar que não se importa. “Eu costumava querer ser mais velha quando era mais jovem. Agora que tenho 30 anos, se você me disser que pareço menor de idade, vou apreciar muito isso. A maioria das pessoas me conhece via High School Musical, então acham que vou ter 15 anos para sempre.” Para sempre 15 e uma garoto da Disney no coração, ao que parece, já que a única coisa que ela mais gosta do que falar em filmes é visitar a Disneylândia e convencer todos a seu redor de que precisam ir tão regularmente quanto ela quando criança quando estudava em casa e morava a poucos quilômetros de distância. “Você deve a si mesmo ir. A Disneylândia é apenas o melhor lugar para a felicidade!”, Ela fala com entusiasmo repentino que, até agora, havia reservado as botas de combate Prada que usava no set. “Recentemente, minha irmã e eu acabamos na casa de Minnie Mouse; nós sentimos como se estivéssemos em um sonho. Eu cresci assistindo Minnie Mouse e a casa dela na TV e depois fui transportada para um mundo em que me sinto como se estivesse no desenho animado – foi simplesmente incrível. É um lugar maravilhoso, onde você pode se desconectar completamente da rotina diária, e esses personagens sempre fazem você rir e se sentir bem. Aquele sentimento acolhedor, aconchegante e confuso dentro de mim é a Disneylândia em poucas palavras.”

Até o momento, eu estava evitando falar em High School Musical, mas aparentemente esse tipo de ponta dos pés não era necessário. “As pessoas 100% ainda me olham como Gabriella”, diz ela, “mas é muito bom que eu tenha feito parte da infância das pessoas e leve-as de volta a um tempo em que as coisas eram mais simples, você sabe. Isso é uma coisa linda.” Eu sinto que deve ser uma linha tênue entre abraçar essa nostalgia e acabar com os buracos, mas Vanessa não está preocupada com estereótipos, dizendo: “Eu interpretei tantos tipos diferentes de pessoas que não pense que você pode me colocar em uma caixa.”

Eu realmente não ficaria surpresa se sua escolha ocasional de papel fosse uma curva deliberada direcionada a quem ousasse estereotipá-la, mas Vanessa jura que estamos apenas testemunhando ela fazendo o que é certo no momento, dizendo: “As mulheres são muitas coisas diferentes; somos tão multifacetados, então acho que devo tentar fazer o máximo que posso.” Dito isso, esses movimentos cada vez mais ousados, passando da Broadway para filmes natalinos, dramas ousados ​​e grandes filmes de ação, não são suficientes. “Há algo em ser realmente específico sobre o que você deseja e manifestar isso. Tenho fé no processo de sonhar grande, ver claramente e fazer acontecer”, ela confidencia.

Na nova parte da franquia Bad Boys (chegando aos cinemas em janeiro de 2020), Vanessa coloca mais um chapéu e realiza meu sonho pessoal de me juntar a Will Smith e Martin Lawrence, enquanto eles dirigem carros muito rápidos e explodem tudo, em nome do combate ao crime em Miami. “Eu faço parte da nova equipe que entra e ajuda a resolver um mistério”, ela ri, interpretando o drama. “Eu tinha minha roupa de policial. Eu tinha um distintivo de policial. Foi muito divertido ser uma mulher nesse mundo.”

Deve-se notar que o entusiasmo de Vanessa em se vestir, seja no trabalho ou em seu próprio tempo, é honestamente como nada que eu já tenha testemunhado. Vanessa simplesmente me diz que seu compromisso com as festividades é muito real. “Eu sou uma amante em geral”, explica ela. “Sempre que tenho um tema e estou fantasiado, realmente sinto que meu eu mais épico é revelado. Quando se trata de Natal, eu vou usar algo que brilha, algum tipo de veludo. Eu simplesmente amo esse clássico. Estou tão animada para isso. Aparentemente, o entusiasmo de Darla empalidece em comparação. “Não, meu cachorro definitivamente não gosta, e Austin também não gosta muito que eu coloque roupinhas nela, então eu tenho que fazer isso sorrateiramente. Mas, de vez em quando, ela não consegue fugir e eu vou coloco um suéter de Natal”.

Entre suas amigas, Vanessa é definitivamente a anfitriã da festa natalina. “Tive uma em que contratei uma pianista”, diz ela, “e todo mundo ficou sentado com bebidas e folhetos na mão cantando canções de Natal da melhor maneira possível. Isso tirou a pressão das pessoas que não cantam. ”Quanto ao Ano Novo, aparentemente sair não é muito atraente. “Eu sou uma pessoa tão caseira! Nunca estive no centro da Times Square para ver a bola cair. Definitivamente, tive algumas festas de Réveillon, do tipo em que Frank Sinatra é tocado à meia-noite. Mas sou meio que maníaco por controle ”, ela ri. “Eu quero que meus ambientes sejam o que eu quero que eles sejam – se eu não posso ditar isso, acho que realmente não quero fazer as coisas.” Então Vanessa diz o que confirma que ela está definitivamente mais próxima da minha idade: “Realmente, eu só quero ficar em casa com amigos, talvez fazer meu quadro de visão, tomar uma taça de champanhe para brindar o Ano Novo e depois dormir.”

Quando ela se aproxima de seu aniversário de 31 anos, em dezembro, Vanessa está ficando igualmente clara quando se trata de como ela se sente sobre quase tudo. Ela definitivamente acredita em seus quadros de visão. Ela está incansavelmente no horário e acha que você também deveria estar. Ela está bem aparecendo sozinha em eventos da indústria onde não conhece ninguém. A irmã dela é realmente sua melhor amiga (como Margarida e Minnie, você pode dizer). Ela quer ser conhecida como alguém que fez as pessoas se sentirem vistas e amadas. Nova York é a casa dela – e ela realmente acha que você deve ir à Disneylândia.

FOTOS – Editorial, por Adrian Mesko

VÍDEO – Vanessa Hudgens Brinca de Preencher as Lacunas

Categorias: Notícias
16.11.2019
Postado por Lucas Teixeira

Na noite de Quinta, 14 de Novembro, aconteceu a noite de homenagens (conhecida como Celebrity Tributes) no Napa Valley Film Festival, no Lincoln Theatre em Yountville, Califórnia.

Vanessa Hudgens foi homenageada com o prêmio de Visionária, o Blackbird Vineyards Visionary, por sua trajetória na indústria Hollywoodiana. Além dela, os atores Olivia Wilde e Kevin Bacon também estavam entre as celebridades homenageadas da noite.

Confira em nossa galeria as fotos do evento:

FOTOS – Chegando

   

FOTOS – Red Carpet

FOTOS – No Palco

FOTOS – Bastidores

 

Hudgens concedeu entrevistas à imprensa durante sua passagem pelo red carpet, onde falou um pouco sobre a sensação de estar sendo homenageada naquela noite, sobre seu novo filme The Knight Before Christmas, e mais. Assista aos vídeos:

Categorias: Notícias, Sidebar
13.11.2019
Postado por Lucas Teixeira

Na noite de Segunda, 11 de Novembro, Vanessa compareceu à premiere do seu novo filme “Um Passado de Presente” (The Knight Before Christmas, em inglês), que aconteceu no Netflix Icon Building, em Los Angeles.

Hudgens estava deslumbrante em um vestido brilhoso curto de mangas longas e sapatos prateados. No evento ela ainda reencontrou seus colegas de elenco Josh Whitehouse e Emmanuelle Chriqui. Confira as fotos clicando em qualquer miniatura abaixo:

“Um Passado de Presente” é uma comédia romântica natalina ambientada nos dias modernos, mas com um toque medieval. O longa estreia globalmente no catálogo da Netflix no dia 21 de Novembro.

Categorias: Notícias
08.11.2019
Postado por Lucas Teixeira

Vanessa está há quase um mês no estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, gravando seu mais novo projeto, o filme independente “Asking For It”.

No início de Setembro, Hudgens contou em entrevista que estava se preparando para uma nova personagem lendo o SCUM Manifesto (manifesto feminista radical feito por Valerie Solanas) e que o mesmo seria bem dark, diferente de seus projetos mais recentes. Pois bem, a partir de chamadas de elenco de apoio, conseguimos diversas informações exclusivas, apesar do filme não ter sido oficialmente anunciado.

ASKING FOR IT é o nome oficial do longa, que segue uma jovem que é abusada sexualmente e se une a uma gangue de motoqueiras que viaja pelo sul, exigindo vingança em lugares onde o sistema falhou com as mulheres, particularmente no contexto de violência sexual.

Vanessa Hudgens (RENT: Live, Uma Nova Chance), Ezra Miller (As Vantagens de Ser Invisível, Liga da Justiça), Alexandra Shipp (Straight Outta Comptom, X-Men: Apocalipse), Kiersey Clemons (Rent: Live, Dope: Um Deslize Perigoso), Gabourey Sidibe (Empire, Preciosa), Luke Hemsworth (Thor: Ragnarok) e Leyna Bloom (Port Authority) são alguns dos grandes nomes que integram o elenco.

Eamon O’Rourke é responsável pelo roteiro e direção, enquanto o ator Ezra Miller e Luke Daniels são os produtores.

A partir de filmagens dos bastidores, podemos ver que a personagem de Vanessa se chamará Beatrice, e, ao que tudo indica, ela será uma das líderes da gangue de motoqueiras em busca de vingança.

Nenhuma informação de estreia, distribuição e finalização do longa foram divulgadas até o momento. Você pode acompanhar atualizações sobre o filme em tempo real clicando aqui.

Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
Ouça Vanessa Hudgens
Vanessa Hudgens no Spotify
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados