23.01.2014
Postado por Carol Relva

Vanessa deu entrevista ao Chron.com falando sobre seu novo filme, Gimme Shelter. O fotógrafo do site fez uma pequena sessão fotográfica com Hudgens. Confira tudo abaixo:

4 3 2 1

Vanessa Hudgens tem 16 anos, está grávida e quase irreconhecível no novo filme “Gimme Shelter.”

A atriz – que cementou seu lugar no panteão Disney pela franquia “High School Musical” – ganhou 15 quilos, cortou seu cabelo e desapareceu dentro de roupas largas, tatuagem e piercings. Ela passou muitas de suas cenas suada, chorando ou machucada. Em suma, é o tipo de parte sem glamour feita para quebrar percepções anteriores. A doce história tem irregulares e angustiantes arestas.

“É definitivamente um papel que, como atriz, você procura,” Hudgens, 25 anos, diz. Ela esteve recentemente em Houston para promover o filme. “É algo que não aparece frequentemente. Histórias como essa não são contadas.”

Gimme Shelter,” estréia sexta, é inspirado em fatos reais e tem Agnes “Apple” Bailey (Hudgens) que foge da mãe viciada em drogas para encontrar seu pai distante, um figurão de Wall Street com sua nova família. A incapacidade de Apple de se adaptar ao novo ambiente a leva de volta às ruas, onde ela é forçada a comer do lixo e dormir em carros destrancado. Ela encontra o seu caminho em um abrigo para adolescentes grávidas e no carinho de Kathy DiFiore (Ann Dowd). A verdadeira DiFiore fundou vários abrigos para mulheres na necessidade de sair de um casamento abusivo e encontrarem seus caminhos na rua.

O filme tem fortes mensagens de pró-vida e de fé. James Earl Jones mostra um padre bondoso que impulsiona a ação para a frente.

“Algo ressoou muito profundamente dentro de mim, e eu disse para eles que nós continuaríamos no nada até o papel estar nas minhas mãos,” Hudgens diz. “Eu sinto como que o maior desafio, inicialmente, foi pegar a parte. Foi desgastantes, as vezes, mas foi uma aventura divertida capaz de mergulhar.

“Se você vai fazer o trabalho, é melhor você dar 110%. Faça tudo que você pode. Você só tem uma chance.”

O escritor/diretor Ron Krauss pretendia inicialmente ter uma desconhecida colegial no papel, mas a persistência de Hudgens o ganhou. Ele selecionou finalistas para o papel de Apple para uma audiência em um dos abrigos de DiFiore, e todos eles escolheram Hudgens como a melhor representação de suas histórias. (Outra estrela da Disney, AJ Michalka, fez a audição.) Algumas das garotas do abrigo e seus filhos apareceram no filme como residentes do abrigo.

Uma vez que o papel era dela, Hudgens foi além da transformação física para deixar sua marca. Ela passou duas semanas em um abrigo, interagindo com as garotas e sentindo as situações.

“A mudança do ambiente, ficando no abrigo, me assustou um pouco no início,” ela diz. “Tinham crianças correndo em volta, bebês chorando, mães bem novas. Kathy é muito religiosa, então tinham imagens católicas e orações penduradas na parede.

“Quando você entra em algo de cabeça, no início, isso pode ser um pouco de choque. Esse foi provavelmente [o momento] mais desconfortante que passei.”

O choque da situação funcionou, permitindo Hudgens a habitar completamente a personagem e se conectar com a história enquanto ela estava dentro, e as vezes, fora do set de filmagens.

“Minha vida pessoal estava em paralisação completa, e eu não tive que depender dela. Mas era isso que eu queria,” ela diz. “Apenas me vendo no espelho e não vendo Vanessa, vendo uma pessoa completamente diferente me permitiu a incorporar Apple e me esforçar de um jeito em que nada era longe. Eu já estava muito longe de mim mesma.”

Embora Hudgens é mais conhecida pela heroína de “HSM“, Gabriella Montez, seus filmes recentes tem tido um toque mais adulto: a aluna depravada em “Spring Breakers“; uma stripper e prostituta em “The Frozen Ground“; e uma dançarina armada em “Sucker Punch.”

O que foi inicialmente foi chamado provocação agarrando- título,  agora parece mais uma simples progressão de uma atriz crescendo em seu ofício.

Seu primeiro papel em filmes foi em “Thirteen” (Aos Treze, no Brasil), um filme sobre garotas envolvidas em drogas, sexo e crime.

“Aquele foi um louco filme independente,” Hudgens diz. “Eu me sinto como se eu tivesse variado minha carreira. Esse sempre foi o objetivo. E esse vai continuar sendo meu objetivo. Uma história interessante, um personagem interessante, um bom diretor. Ou um lugar legal para trabalhar”

Tradução exclusiva do Vanessa Hudgens Brasil. Não copie sem dar os devidos créditos!

This post discussion is closed.

Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados