31.01.2016
Postado por Rachel Rosemberg

As Pink Ladies tomaram conta da capa da Revista Billboard do mês de fevereiro, com uma matéria falando sobre a história e importância de Grease, bem como sobre o projeto Grease: Live! Leia o artigo traduzido exclusivamente por nossa equipe abaixo:

“Isso é negócio sério”, diz Carly Rae Jepsen, com olhos arregalados para dezenas de carpinteiros e pessoas martelando, serrando um gigante ginásio de Ensino Médio ainda em construção no estúdios de Warner Bros “Eu tenho que ter o meu Hula-Hoop!”

É o primeiro dia de escola em Rydell High – ou, em vez, o primeiro dia no set de ensaio para as jovens estrelas no musical Grease: Live! da Fox TV, onde nesse dia sombrio de Dezembro é apenas seis semanas longe, da estreia às 7 da noite, no Domingo, Jan. 31.

Sob a cabeça, banners pendurados no alto das traves da academia: “Wrestling State Champs 1949”, “Soccer Champions 1947”. Grandes caixas de papelção marcada onde a arquibancada da escola irá em breve hosperadá na tela o que pode ser o mais rico musical ao vivo.

Não é surpresa que a Fox escolheu Grease como o primeiro musical ao vivo, onde comerciais de meio minuto foram vendido por 400,000 dólares. NBC pegou 18.6 milhões de pessoas para assistir a pobre revisão de The Sound of Music Live, 9.2 milhões que assistiram o Peter Pan Live e 11.5 milhões para celebrar a celebridade cravejada The Wiz, de acordo com Nielsen. Para a última corrida da TV, Grease é puramente bruto: para agradar ao público orgulha-se do que os outros musicais não tem – competições de karaokê, casamentos e canções como “Summer Nights” e “Hopelessly Devoted to You

As estatísticas são altas para Fox, que esta pulando com ambos os pés, com The Passion (Musical de Tyler Perry que fala sobre Jesus Cristo nos seus últimos dias) marcado para Março e The Rocky Horror Picture Show estreiando mais tarde em 2016. O canal de Empire e Glee que ainda mais ficar perto de música – e rufem os tambores para a estreia de outro programa, como o X-files e Lucifer “Ter um evento que vai pegar uma audiência ampla e promoverá tudo isso [ao mesmo tempo] muito significado”, diz Dana Wladen, CEO do grupo da Fox.  Lachlan Murdoch, diretor executivo do Século 21 Fox, enfatiza a importancia de promover esportes, noticias e eventos ao vivo. Ele diz que programação “careca” é critica para a era da Peak TV, que aparenta ter limitadas opção de programa: “Você não quer fazer nada comum ou brando.”

E é o porque, em contrato uma equipe de estrelas pops, Fox trouxe Tommy Kail, o diretor de 38 anos de idade que dirigiu a sensação da Broadway Hamilton, para dirigir com Alex Rudzinski, 43, um veterano de Dancing With the Stars. Kail possui uns truques de teatro antigo ele planeja para Grease: Live! – junto com os grandes gestos que é só possível na TV. Rudzinski diz para as cameras que irá forçar as ações próximas que tenha mais em comum com jogos da NFL do que grande performances. “Esse será o maior que as empresas de comunicação já fez”, ele diz. Não que seja visível o nervosismo no set entre os atores – sete deles dizeram separadamente que os ensaios parecem “acampamento de verão”.

“Com as garotas, é muito fácil”, diz Jepsen, 30. “Você está trançando o cabelode uma e outra, pegando a bunda de cada uma. Nós somos amigas desse jeito, como Pink Ladies.”

As Pink Ladies eram, claro, as garotas que “dominavam a escola”, alternativamente brigando e se apaixonado pelos T-Birds de jaquetas de couro. Agora, elas estão enroladas com os membros entrelaçados no chão do ginásio, trocando fofocas e piadas e tirando selfies com bicos, quando Kail chama todo mundo de volta para suas posições “Summer Nights! Vamos!”

A primeira a ir para o chão: Vanessa Hudgens, 27, que é essencialmente mais antiga, por ter estreiado em High School Musical em 2006. “O aspecto ao vivo não me assustada”, ela fala, mas “é um pouco desesperado” encarar o papel de Rizzo, que Stockard Channing imortalizou no filme Grase, que era ícone em não pegava pensamentos ruins. Logo atrás de Hudgens tem duas atrizes-cantoras que tem experiências na Broadway como Cinderella: Jepsen – que seu album de 2015, Emotion, ganhou todos os tipos de críticas boas – como a bela da escola, Freanchy; e Keke Palmer, 22, a estrela de the Scream Queens interpreta Marty. Kether Donohue, 30, que co-estreiou na FX You’re The Worst, interpreta Jan (e usa trança feitas por Jepsen).

Com tudo montado, as Pink Ladies circulam a nova garota, Sandy, interpetada pela cantora, da competição Dancing With the Stars e a atriz de Dirty Grandpa Julianne Hough, 27. Que cresceu em Mormon em Utah e disse ela que assistia escondido o disco de Grease que pertencia ao seus pais porque era muito “picante”, talvez perfeito por interpretar a inocente Sandy. Ela e seu amado Danny Zuko – estrela da Broadway Aaron Tveit – canta alguns versos da música: “She swan by me, she got a cramp…” “He ran but me, got my suit damp…” Como Danny e Sandy chegam no verso final, um dos T-Birds faz um pose na caixa de papelão e  – crunch! – desmorona embaixo dele. Kail diz “Corta!” para cair na gargalhada, como um outro T-bird chega com a fala: “Esmagou-se!”

Grease foi nostalgico desde o começo. Em 1971, Warren Casey e Jim Jacobs escreveu um pequeno musical sobre a vida em 1958, na escola Taft High School em Chicago, e baseou muito dos personagens em seus amigos. Eles fizeram a história de amor de duas criança trabalhando a coragem dentro deles no mundo de problemas de adolescentes – gravidez, pressão da sociedade, aborto – para um trilha sonora vintage original que foi feita para jovens dançarem e os mais velhos se sentirem jovens novamente.

A aparição permaneceu potente depois de alguns anos, quando o filme dem 1978 – produzido por Robert Stigwood, empresário de Bee Gees que morreu em Janeiro, e dirigindo pela primeira vez Randal Kleise – se tornou um fenômeno fglobal, superando Superman que eventualmente ganhou 394 milhões no mundo todo – 1.3 milhões hoje. (Bostwick diz que ainda prefere o musical do filme, que disse “todo mundo é tão hiper frenético que parece vício”). Pessoas falam sobre a carreira de Travolta como se Saturday Night Fever fosse tão importante quando Grease, mas Grease ganhou duas vezes mais que aquele filme. Enquanto isso, a trilha sonora do filme original eventualmente ficou 12 semanas no número 1 da Billboard 200. Desde 1991 sozinho, quando Nielsen Music começou a vender as faixas das música, vendeu 6.1 milhões de cópia.

Summer Nights” e a balada de Olivia Newton-John “Hopelessly Devoted To You” alcançou número 5 e número 3 na Billboard 100, respectivamente. Mas foi acrescentado mais dois hits número 1 ao filme de Stigwood: “You’re The One That I Want” escrita por John Farrar e “Grease” escrita por Barry Gibb e cantada por Frankie Valli. “Quando Barry me enviou a demo, eu imediatamente disse sim,” diz Valli. “Se eles sabiam que a música seria um hit, eu nunca tinha pegado. Eu acho que continua voltando porque Grease foi a celebração da adolescencia.”

Valli, 81, ainda apresenta seu hit de Grease, como Newton-John faz, 67, que estendeu suas noites de verão no cassino Flamingo Las Vegas por outro ano. “Elas eram feitas de pele de tubarão ou algo assim”, Newton-John diz, lembrando das calças que “Sandy Two” veste no fim do filme. “Deus, pensavam que eu era tipo a garota da porta ao lado, caipira e tudo isso, e Grease foi considerado tão safado! Interpretar Sandy Two me deu a coragem de ter mais rock.” Em Vegas, Newton-John diz, fãs chegam e falaram pra ela assistir os filmes com os filhos dela e agora com os netos: “Grease é atemporal.”

Claro, não atemporal em todos os aspectos, e Grease:Live dispensa todo aquele elenco cantando R&B, as piadas gays sobre o nerd Eugene e o racism sobre coreanos. Fox pretende alcançar a maior audiencia possível atualizando Grease para a maior – e necessariamente mais diversa – audiencia. “Nós conseguimos passar por algumas [politicamente incorretas] coisas,” diz Kail “e ainda manter a integridade da história.”

Palmer, que é Americana/Africana, diz que inicilamente ficou preocupada de interpretar algo excluído mas agora acredita que a produção realmente reflete a America em 2016. (Hudgens é descedente de filipinos) “Eles especificamente queriam fazer essa nova geração”, ela diz.

Enquanto fãs mais velhos apreciam os artistas do filme original Frenchy e Doody (Didi Conn e Barry Pearl, respectivamente) e na visão de Boyz II Men no “Teen Angel”, Hough, Hudgens, Jepsen e Palmer cada capturou diferente, cada fatia demográficas demógraficas. Enquanto isso, Jessie J, 27, vai arrebentar o show com “Grease” e a banda de Joe Jonas, DNCE, dançará a competição de dança. Jonas, 26, promete um sentimento de volta em “Cake By The Ocean”, no qual DNCE tocará pela primeira vez no Dance-off, junto com “Maybe Baby”, uma nova música escrita por Brian Yorkey e Tom Kitt, que compartilhou Pulitzer em Next to Normal. Kitt descreve como “um divertido rockabilly, músicas melancólicas de uma era.” (Não fere que esta escrevendo novo material que custa menos que “Hound Dog”) Kitt escreveu a canção “All I Need Is An Angel” especificamente para Frenchy. A faixa do iTunes, que irá lançar na noite de estreia, incluirá as três novas faixas.

Jonas é fã há muito tempo de Grease “Eu fiz a audição para ser Danny Zuko meses atrás”, ele admite “Eu fico feliz que eles tenham um elenco que é jovem e sexy porque Grease é sexy. Eu digo, a doce garota se apaixona pelo garoto mau, depois os papéis se invertem? Isso é inacreditavelmente sexy.”

O formato pode ser o que ultimamente separa de incontáveis variações de Grease como a renovação de Rosie O’Donnell como Rizzo, a renovação de Londres com Debbie Gibson como Sandy ou o reality show em 2006, Grease: You’re the one that I want. Kail diz que o elenco que ele tem desenhado de uma vasta inspiração, de filmes musicais e Playhouse 90 (um programa ao vivo da CBS nos anos 50) para o “o teatro específico dos anos 60 e 70” e a midia, no qual será agressivamente integrada no show.

Para enfatizar que Grease: Live! será de uma noite só – “Grande abertura, grande finalização, como Chris Rock diz” brinca Kail – o show começará na luz natural do dia precisamente às 16 horas. Chova ou faça sol, com Jessie J  cantando “Grease” e concluIrá três horas depois, na escuridão da noite, às 19 horas.

“Nós terminaremos na Town Square” Kail diz ao elenco, notando que eles construição uma roda gigante de tamanho regal e uma tenta de carnaval. “Alguma pergunta?”

Hough: “Hm, onde os banheiros ficarão?”

Kail diz que o potencial para odiadores faz parte da estreia “O número de pessoas que assistiram Peter Pan Live foi esgotado na Broadway”, diz Kail. “Às vezes irá acontecer. E quando acontecer, eu digo ao atores, você tem que suportar porque essa é a beleza de eventos ao vivo. Nós amamos Rocky porque ele dá suporte.”

​Kail fez uma piada própria dentro do script, que o elenco ensaiou no corredor verde institucional no set: o diretor Rydell compartilha a animadora noticia que o National Dance-Off performará na academia e passará ao vivo.

“E se alguma coisa der errado?”, diz um estudante.

“Não importa”, diz o diretor “A audiência americana sabe perdoar.”

Tradução exclusiva do Vanessa Hudgens Brasil. Não copie, compartilhe!

Confira os vídeos dos bastidores do ensaio das Pink Ladies para a Billboard:

 

Adicionamos as fotos do ensaio fotográfico e os scans da Billboard em nossa galeria e você pode conferi-las clicando em qualquer miniatura abaixo:

PHOTOSHOOT

02-254 03-216 04-196 05-178

SCANS

Billboard - 6 February 2016 Billboard - 6 February 2016 Billboard - 6 February 2016 Billboard - 6 February 2016

 

Grease: Live! vai ao ar hoje (31), às 22h (horário de Brasília) e será televisionado pela FOX norte americana. Você poderá assistir ao vivo aqui.

Categorias: Notícias
Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados