11.04.2015
Postado por VHBR

O site NBC publicou sua review (crítica) ao musical “Gigi”, protagonizado por Vanessa. Confira a mesma traduzida exclusivamente por nossa equipe abaixo:

Gigi para a nova geração, estrelando Vanessa Hudgens

Vanessa Hudgens trás vivacidade e energia para o remake do clássico musical Gigi – uma produção igualmente memorável para a rica contribuição da vencedora do Tony, Victoria Clark, como a avó da jovem destemida.

Gigi acabou de estrear no Teatro Neil Simon, seguido de uma temporada no Kennedy Center no começo desse ano.

Hudgens, que encontrou a fama em High School Musical, sucesso da Disney, estreia na Broadway na animada protagonista, que é criada pra seguir os passos da Mamita (Clark) e sua tia (Dee Hoty, de Footloose), ambas cortesãs auto suficientes na Belle Epoque de Paris.

Entre elas há o requisitado interesse amoroso de Gigi (Corey Cott, de Newsies) e seu tio, cuja Mamita tem uma velha chama acesa (Howard McGillin, recordista da Broadway em Phantom). Em sua essência, Gigi é sobre dois jovens que descobrem que se amam e foram feitos um pro outro – depois que todos no palco e na audiência já saibam disso.

“Gigi” nasceu de um romance escrito por Colette em 1944 e adaptado pela primeira vez em peça estrelada por Audrey Hepburn. O musical do cinema, com roteiro e música de Alan Jay Lerner e Frederick Loewe, ganharam Oscar de Melhor Filme uma década depois. Um musical da Broadway no começo dos anos 70 não deu muito certo.

Essa versão, dirigida por Eric Schaeffer (Follies) vem com um livro adaptado por Heidi Thomas, de Call the Midwife da BBC, e é coreografado por Joshua Bergasse, que teve um trabalho notório em On the Town.
Hudgens é efervescente como uma garota pode ser enquanto se transforma em mulher, abençoada (e pressionada) pela instrução das duas mulheres mais velhas, que sabem o tipo de problema que uma jovem menina pode se meter em Paris.

Há, como você pode prever, um pouco de Eliza Doolittle na performance de Hudgens – ela faz esses gestos grandiosos enquanto aprende como pôr café ou sentar à mesa da maneira apropriada.

Gaston Lachaille de Cott é o príncipe doce, um playboy, cansado de sua vida em Paris – tão entediado, de fato, que até o tio dele (McGillin) fala: “Você devia arrumar mais casos amorosos!” Cott tem uma voz incrível, notória tanto em solos quanto números de grupo como o encerramento do primeiro ato com “The Night They Invented Champagne”

Ele e Hudgens são fofos juntos, e parecem compartilhar um ótimo vinculo no trabalho.

Hudgens pode ter o poder de conquistar, mas Clark desenvolve uma performance que impacta até depois que as cortinas se fecham. Nós podemos ver que ela teve um caso com Honore Lachaille, de McGillin. A irmã de Mamita vê o romance como uma maneira de ter coisas materiais, mas Mamita claramente quer algo mais, não pra Gigi, mas pra ela mesma.

Clark alcança todas as notas perfeitamente, particularmente nos duetos “I Remember It Well” e “Thank Heaven for Little Girls”, este último um dueto com tia Alicia de Hoty – alguém estava esperando que fosse um dueto entre duas mulheres? Clark interpreta Mamita com uma tenra tristeza que mantém você torcendo por ela.

Hoty está deliciosamente zelando pelo advogado de Gaston e tendo certeza que sua sobrinha não o trocará por nada. É obvio que Alicia se importa com sua irmã e sua sobrinha, ela só é mais prática por natureza, pegando o que ela puder dos homens e usando isso pra manter sua independência.

Como Honore Lachaille, McGillin faz um bom trabalho em ser ao mesmo tempo gente boa e metido. Sua introdução cria a atmosfera do musical, nos dando a ideia de que estamos passeando entre pessoas que gostam de relacionamentos longos, mas raramente se casam. Steffanie Leigh (Mary Poppins) tem umas ótimas cenas como Liane d’Exelmans, a namorada de Gaston.

Gigi ainda conta com uma orquestra clássica, figurino lindo de Catherine Zuber e ótimos números musicais. É uma produção bem prazerosa.

Clique aqui para conferir a review original.

Tradução exclusiva do Vanessa Hudgens Brasil, se copiar não esqueça dos créditos!

Categorias: Broadway, Gigi, Notícias, Review, Teatro
Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados