• 06.12.2023
    Postado por VHBR

    Na tarde de um sábado de sol, no dia 2 de dezembro, Vanessa Hudgens se casou com o jogador profissional de beisebol Cole Tucker em Tulum, no México. Com exclusividade, a revista VOGUE fez um dossiê completo do evento, com fotos e diversas informações.

    Os dois se conheceram durante uma aula de meditação no Zoom liderada por Jay Shetty, um ex-monge que se tornou autor e guru de estilo de vida, em outubro de 2020. “Eu estava no Zoom com uma amiga e comecei a bater nela perguntando quem ele era, e ela nunca o tinha visto antes”, lembra Vanessa. “Então comecei a procurar na tela do Zoom para descobrir o nome dele, o encontrei no Instagram e ele enviou uma DM no dia seguinte.

    Depois de três anos de namoro, eles ficaram noivos perto da Torre Eiffel, em Paris, em fevereiro de 2023. “É a cidade mais romântica do mundo”, diz Vanessa. “[Mas] fiquei muito surpresa. Deixei uma dica de que aquele seria o lugar ideal, mas meio que esqueci, porque não queria ter nenhuma expectativa na viagem. Só queria aproveitar e ele me pegou completamente desprevenida.”

    Cole propôs com um diamante de formato oval em uma fina faixa de ouro. “Eu definitivamente dei dicas sobre meu anel”, explica Vanessa. “Eu estava tipo, ‘quero uma aliança de ouro com um diamante oval’. Todo mundo que me conhece sabia o que eu queria. Então disse isso a ele, e ele deu um passo adiante e tornou tudo ainda mais bonito do que eu pensava.”

    Uma vez noivos, eles marcaram o casamento para 2 de dezembro de 2023 e desembarcaram na Cidade das Artes Azulik, em Tulum, no México. “O processo de planejamento foi definitivamente exaustivo”, admite Vanessa. “Eu nunca tinha ido a um casamento que gostaria que fosse o meu próprio, então tive que pensar fora da caixa. Encontrar um local foi a parte mais difícil. Sabia que não queria que fosse na praia, em um salão de baile ou numa fazenda. Em vez disso, queria estar cercada pela natureza, pela vegetação e pela folhagem”.

    Na verdade, Vanessa já acompanhava o Azulik Hotel no Instagram há muito tempo. “Um dos meus grandes amigos tinha acabado de terminar um show na Broadway e estava me perguntando onde deveria passar umas férias, e eu estava navegando no Instagram pouco antes de ele ligar e pensei ‘Oh, vá para Azulik — esse lugar é tão lindo”, diz ela. “Eu disse a Cole: ‘Talvez pudéssemos ir aqui em nossa lua de mel… Tiraríamos ótimas fotos. Espere, talvez possamos nos casar aqui?!’”

    A atriz estava trabalhando sem parar no último filme da franquia “Bad Boys” na época, mas precisava voar para Tulum para um tour pelo local. “Eu pensei, quer saber, mesmo que não seja aquele hotel, tenho certeza que encontrarei outro hotel que possa funcionar”, diz ela. “Eu também sabia que queria me casar em algum lugar quente, e nossa janela para nos casar era muito pequena, porque a temporada [de beisebol] de Cole é muito longa. Sabia que tinha que ser no México! Também queria um lugar muito espiritual. Então fui para o hotel e fiz um passeio bem longo, em que eu mesma não estava bem, por conta do calor intenso, e parecia que ia desmaiar. No final desse longo tour, eu pensei ‘Onde faríamos nossa cerimônia?’ e eles disseram ‘Isso seria no nosso museu. São 45 minutos na selva’. Fiquei pensando: ‘Ok, isso parece agressivo, mas acho que vou tentar'”.

    Ela foi fundo na selva em busca do local perfeito para a cerimônia. “Grande parte foi por uma estrada de terra não pavimentada, e comecei a pensar: ‘Não há nenhuma maneira de conseguirmos fazer nosso casamento aqui — como vamos trazer toda a estrutura da festa nesta terra acidentada?”.

    Assim que Vanessa parou no museu e entrou, todas essas dúvidas desapareceram rapidamente. “Eu sabia que aquele era o nosso lugar”, diz ela. “Senti como se tivesse sido transportada para uma espécie de utopia, diferente de tudo que já tinha estado antes. Foi extravagante e mágico, e eu simplesmente me apaixonei.”

    A noiva encontrou sua organizadora de casamentos – Pia Lindstrom – através de seu amigo Alexander Ludwig, com quem ela estava trabalhando em “Bad Boys”. “Ele disse, ‘Só tenta, ela é ótima, acho que vocês se dariam bem, mas se não, não se preocupe'”, diz Vanessa.

    Para o look de casamento, a noiva queria um vestido elegante, moderno e sexy, com formato inspirado nas supermodelos dos anos 90. Ela acabou escolhendo um Vera Wang — um modelo justo, marfim claro, com corte enviesado, gola redonda e costas profundas. O véu era de tule do mesmo tom e com um bordado personalizado que dizia: “Sra. T, 2 de dezembro de 2023”, em fonte gótica.

    Depois de enviar ao estilista Jason Bolden uma tonelada de fotos de referência, os dois foram visitar pessoalmente o ateliê de Vera Wang em Nova Iorque. Vanessa caminhou pela loja e puxou alguns dos vestidos que a atraíram — e, no final das contas, o que ela usou para a cerimônia foi na verdade o primeiro que ela experimentou. “Eu coloquei e pensei ‘É perfeito. É fácil, é simples e é chique”, diz ela. “Era exatamente o que eu queria, mas obviamente tivemos que enfeitá-lo um pouco e adicionar um pouco de amor extra para que fosse especial, só para mim. Queria que parecesse que estava flutuando e adorei a combinação de capa e véu”.

    “Vera tem sido uma amiga e apoiadora incrível para mim”, diz Vanessa. “Sempre me senti tão confiante, sexy e feminina quando estou com as roupas dela. E então, eu pensei ‘Sabe, essa é a vibração… É assim que eu quero me sentir no dia do meu casamento. Pensei, ‘Quem melhor para fazer isso do que uma amiga?’”.

    A noiva também sabia que queria que o véu fosse um momento dramático. “Quando vi a capa, pensei que seria melhor experimentá-la também”, diz ela. “Eu amo toda a vibração boêmia etérea – isso sempre fará parte de mim, mas eu não queria que fosse o principal.” Seus sapatos de cerimônia, por sua vez, eram Paris Texas.

    Cole usava uma jaqueta de lã trespassada de lapela alta Me by Canali com calças de linho e lã bege e uma camisa social formal de algodão branco. Ele complementou com uma gravata borboleta de seda esbranquiçada e sapatos Louboutin.

    A cerimônia aconteceu ao ar livre no local que Vanessa inicialmente explorou meses antes, enquanto Jay Shetty — em cuja meditação o casal se conheceu — oficializava a união. “[Meu conselho aos outros é] não olhar antes, porque ver um ao outro no altar pela primeira vez foi o momento mais emocionante da minha vida”, diz ela. “Eu literalmente desmaiei quando vi Cole e tive que respirar fundo e me forçar a continuar andando porque poderia ter caído no chão.”

    Os noivos escreveram seus próprios votos e os leram na frente de cerca de 100 amigos e familiares. “Eu também diria a todos: escrevam seus próprios votos e leiam-nos. Ser aberto, vulnerável e cru na frente de todas as pessoas que você ama, proclamando seu amor, é a coisa mais linda em um relacionamento. Eu amei”, conta a atriz.

    Enquanto os noivos tiravam fotos, os convidados saboreavam coquetéis. “O jantar aconteceu em uma área com um monte de árvores espalhadas por toda parte. Havia buquês de flores pendurados nas árvores e parecia um cenário”, lembra. Depois de terminar as fotos, Vanessa tirou a capa e o véu, mas deixou o vestido de noiva para o jantar. “Sempre achei uma pena que você só pudesse usar o vestido apenas para a cerimônia e fotos, então realmente queria ficar com ele por mais tempo”, diz ela.

    Quando o jantar acabou, Vanessa colocou seu vestido de festa. Ela sabia que queria estar com algo superleve e arejado para esta parte da noite — em suas palavras, um vestido em que ela pudesse se “jogar por aí” — então optou por outro modelo Vera Wang, desta vez feito de renda de macramê e musselina de seda, sem alças. Para os sapatos, ela selecionou um par de plataformas Larroudé Vivienne.

    Após a refeição, os discursos e a troca do vestido da noiva, os convidados foram para outra área do local onde havia uma banda ao vivo. “Um dos meus grandes amigos fez uma música para nós chamada ‘Cole and V’. E, claro, eu e meu marido, sendo as pessoas obcecadas por música que somos, tivemos que nos juntar e participar. Cole tocou bateria e eu cantei. Eu nem poderia te contar o que fizemos. Eu só conhecia o refrão da música, estávamos apenas fazendo riffs, tocando e nos divertindo. Era um espaço seguro com todas as pessoas que nos amam”.

    Quando a banda terminou, um DJ – que trabalhou a partir de uma playlist que Cole havia montado – apareceu para dar continuidade à festa. “Ele incluiu todos os sucessos e clássicos, de Nelly a Eminem”, diz Vanessa. “Dançamos um pouco, depois comemos lanches noturnos, como queijo grelhado e pizza. E então tudo acabou às 23h”.

    Refletindo sobre o casamento nos dias seguintes, Vanessa ainda está em emocionada. “Foi realmente o fim de semana mais mágico da minha vida”, diz ela. “Estou muito grata por termos tido um casamento privado e ajudou o fato de eu ter tirado os telefones de todos. Foi incrível porque no jantar eu olhava em volta e todos estavam conversando uns com os outros – nossos grupos de familiares e amigos se reunindo e criando relacionamentos reais nos quais eu sei que eles investiriam tempo real. Ver isso e reunir todos e nos celebrar foi tão mágico. Falando sobre isso agora, estou literalmente ficando com lágrimas nos olhos. Eu não poderia ter sonhado que seria melhor. Eu sabia que seria mágico, mas superou minhas expectativas”.

    Para seu time de madrinhas, Hudgens convidou sua irmã Stella Hudgens e suas amigas Laura New, Sarah Hyland, Alexandra Shipp, Morgan Marcell e Hailey Lavelle. Para seu time de beleza: sua hair stylist Danielle Priano, sua maquiadora Tonya Brewer e seus estilistas Jason Bolden e John Mumblo.

    Clique aqui para ler a matéria original.

    Categorias: Notícias, Sidebar
    Pesquisar

    STREAM HUDGENS
    Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados