01.08.2016
Postado por Lucas Teixeira

Durante sua passagem pela San Diego Comic Con, no dia 22 de Julho, Vanessa concedeu várias entrevistas a diversos veículos de comunicação em divulgação de sua nova série, a comédia “Powerless”.

O site Showbiz Junkies divulgou recentemente sua entrevista com Hudgens, onde ela falou um pouco sobre a série e a possibilidade de estar em “High School Musical 4”, continuação da franquia do Disney Channel que a fez famosa.

Confira a mesma traduzida exclusivamente por nossa equipe:

Vanessa Hudgens diz que quando o público assistir ao episódio piloto da série Powerless, da NBC, que se passa no universo da DC Comics, eles vão começar vendo a super heroína Crimson Fox (Raposa Escarlate) e o vilão Jack O’Lantern (Fogo-Fátuo) em ação. Mas, enquanto super heróis farão participações, a série de comédia é realmente sobre pessoas comuns tentando lidar com a confusão criada após os super heróis executarem suas ações heróicas. Hudgens desempenha uma reguladora de seguros que ajuda a limpar a bagunça da cidade após as batalhas.

A série marca a primeira comédia de TV inspirada no universo da DC Comics e irá ao ar no final deste ano ou início de 2017 na NBC.

O que te atraiu no show?
Eu realmente nunca pensei em fazer TV. Quando comecei a pensar na ideia, achei que gostaria de fazer algo na comédia, algo que é leve e faz as pessoas rirem, porque esses são os tipos de séries que eu amo. Meus shows favoritos são Parks and Recreation e The Office, que são ambos comédias de escritório da NBC. Então, eu sabia que eles sabem fazer isso e o fato de que isto apareceu, foi tipo algo que eu gostaria de assistir o que significa que, provavelmente, deve fazê-lo.

Quando você recebeu uma ligação sobre estar em um show num universo de super heróis, mas descobriu que não vai estar vestindo uma capa, qual foi sua reação?
Bem, para mim sempre veio em primeiro lugar o fato de ser uma comédia de escritório, que eu amo. Mas o fato de que está tomando uma perspectiva totalmente nova no mundo dos super-heróis, eu achei tão inteligente, porque sempre que você vê super-heróis em um filme, todos os holofotes estão totalmente sobre eles. Eles têm batalhas épicas no meio da cidade, e simplesmente deixam a cidade em escombros. Tipo, o que acontece depois? O que vem depois disso? Isso é o que nós vamos a explorar. Nós vamos ser as pessoas que vivem no mundo cheio de super heróis e vilões, chegando depois deles, porque nós trabalhamos para uma companhia de seguros e estamos tentando encontrar nossa própria força como uma pessoa que vive em um mundo cheio dessas pessoas que são maiores do que a vida, o que faz você se sentir ainda menor.

Quanto a mitologia, o que você tem que saber sobre super heróis e poderes especiais?
Quero dizer, eu definitivamente tenho muito trabalho pela frente. Minha personagem é a chefe de reivindicações que ela está lidando com a super-heróis em diariamente – não eles pessoalmente, mas suas ações e como isso afeta outras pessoas. Eu não era muito de ler quadrinhos enquanto crescia. Eu era mais a menina no estúdio de dança, fazendo balé e não lendo quadrinhos, então eu definitivamente tenho algum trabalho de casa dobrado para mim.

Você pode dizer o que em sua personagem realmente chamou sua atenção?
É muito engraçado porque quando eu li o roteiro, minha personagem era muito mais tímida, observadora, e bem calma. Fizemos a nossa mesa de leitura e acho que eles pensaram por que estamos fazendo-a interpretar essa personagem quando ela é essa outra parte dela que eu não necessariamente vejo pessoalmente, mas acho que é o lado resoluto, o lado que tem um pouco mais determinação, e assim eles escreveram isso. Mudou drasticamente do que era originalmente para onde está agora. Eu adoro ela porque está lutando pelo fato de que você não precisa de superpoderes para ser uma pessoa poderosa. Ela está descobrindo seu caminho para fora através da vida, tropeçando, mas você começa a vê-la fazendo isso com um monte de gente realmente engraçado também.

Em reivindicações de seguros, o quão difícil é para sua personagem em relação aos danos que essas pessoas causam?
Eu gosto de aprovar reivindicações. Eu quero ajudar as pessoas, essa é a coisa. Minha personagem, Emily, ela sente que está em seu caminho de tornar o mundo um lugar melhor, com um pedido de cada vez. Quando o novo chefe chega, personagem de Alan Tudyk, ele tenta acabar com isso para nos levar a aprovar menos reivindicações. Nós acabamos batalhando isso com um pouco de rivalidade no escritório.

Como você se sente trabalhando com estes outros comediantes?
É muito novo para mim. Comédia não é algo que eu fiz muioto, e todos esses caras são comediantes. Eles são tão engraçados e inteligentes. Então, eu não sei. Eu coloquei meus pés na água. Mergulhei lá um pouco. Eu tenho certeza que vai continuar a acontecer cada vez mais. Mas é ótimo quando você tem pessoas que são tão inteligente ali ao seu lado.

Quanto de ação dos super heróis o público irá ver?
Os super heróis estão definitivamente lá. Eles não são o foco. Mas, o nosso piloto abre com um super batalha, então definitivamente você vai ver alguma ação.

Quem faz você rir mais no set?
Eu não sei. Danny [Pudi] me mata de rir. Ele tem gêmeos, mas ele mesmo é uma criança grande.

Eles anunciaram High School Musical 4. Você gostaria de estar envolvida para passar a tocha?
Eu fiz a minha parte. Vou deixar eles fazerem a deles. [Risos]

Tradução e adaptação exclusivas do Vanessa Hudgens Brasil. Se copiar, não esqueça os créditos!

Clique aqui para conferir a matéria original completa.

Confira também o vídeo da entrevista:

Categorias: Notícias
Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
APOIO
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados