16.01.2014
Postado por Lucas Teixeira

Vanessa e o diretor de “Gimme Shelter“, Ronad Krauss cederam uma entrevista ao site The Crimson & Gold, onde falaram mais sobre o filme. Confira a tradução exclusiva feita pela equipe do Vanessa Hudgens Brasil abaixo:

Baseado em fatos reais inspiradores, Gimme Shelter conta a história da incrível e isolada jornada de “Apple” Bailey através do abuso, maternidade, e a busca da família. A ex-estrela de High School Musical Vanessa Hudgens está irreconhecível no papel da Apple, um adolescente sem-teto que é forçada a enfrentar sua gravidez sozinha. Quando Apple cede à desesperança, um estranho caridoso a ajuda a romper com seu passado e abraçar um futuro aparentemente desprovido de esperança.

O C&G contribuiu para uma sessão de Q&A com Hudgens e o diretor Ronald Krauss, ambos passaram semanas vivendo em um abrigo de Nova Jersey, em preparação para o filme. Eles discutiram esta experiência, bem como a motivação por trás do roteiro e do desempenho que constituiu este filme eletrizante.

Ronald Krauss

Como você escolheu o set?
Na verdade, eu pensei em filmar em Atlanta, mas as meninas reais e 23 bebês [do abrigo] fizeram participação no filme. Eu não sei como  teria achado isso [autêntica de um ambiente] em Atlanta ou em qualquer outro lugar. Eu vivi no abrigo real por um ano, enquanto estava escrevendo o roteiro.”

Eu li que você estava realmente colocou mãos como diretor. Você sempre coloca este tipo de mãos em papéis?
Eu acho que era muito específico para esse filme, porque ao contrário de outros filmes em que trabalhei, eu era o único que entendia a vida e as imagens das meninas do abrigo. O pessoal da maquiagem iria começar a fazer Vanessa parecer Vanessa. Eu ia começar a derrubá-la. Essas garotas no abrigo realmente não usam maquiagem, elas não têm qualquer razão para maquiagem. Foi um desafio para mantê-la no caminho do filme. Você não a reconhece [Vanessa] em todo o filme. Ela está 8 quilos mais pesada, ela cortou o cabelo fora para este filme, ela morou no abrigo há cerca de três semanas.

Você questionou a decisão de colocar uma estrela de Hollywood como sua liderança?
Você sabe, depois que escrevi o roteiro, eu passei o script ao redor e todas as [atrizes] contemporâneos como Vanessa ligaram querendo fazê-lo. Variando de AnnaSophia Robb, Dakota Fanning, todas essas meninas. Depois de me reunir com elas, eu percebi que não achava que uma atriz de Hollywood poderia desempenhar esse papel. Depois de estar com as meninas reais, entendi que se tivesse sido escrito em Hollywood, ele teria sido um filme muito mais superficial. Eu estava procurando por uma garota de verdade, estava indo para escolas secundárias locais para alguém que realmente entendia. Então eu tive esse telefonema de Vanessa. Fora de todas as garotas infames, eu sabia o mínimo sobre ela. Eu não sei se alguém viu High School Musical aqui? (risos). Bandslam, Beastly e assim por diante. Eu não tinha certeza sobre isso. [No entanto], ela é uma performer nestes papéis. Ela continuou me enviando e-mails . “Eu sou o sua Apple, eu sou sua Apple. Eu posso fazer isso.” Quando ela veio para a audição, ela estava totalmente diferente da menina de High School Musical. Seu cabelo estava para trás, ela parecia muito multi- étnica. Ela deixou o show de lado. Enviei um link para as meninas no abrigo e elas não sabiam quem ela era, mas elas imediatamente escolheram-a . E ela estava tão determinada, ela sabia que isso poderia desempenhar esse papel. Vai mudar o rumo de como as pessoas a vêem.

Com que frequência as meninas do abrigo estavam no set?
Todos os dias. Vanessa contou com eles, elas são a verdade do filme. Ela realmente precisava desse apoio. Ela se tornou uma delas, então ela precisava das diretrizes para a realidade disso.

(directed at Krauss) A lot of people have been calling this a pro-life film. Do you think this was part of your intentions or do you think it takes away from what you were really going after? 

Muita gente tem chamado este um filme pró-vida. Você acha que isso fazia parte de suas intenções ou você acha que leva para longe do que você estava realmente indo atrás?
Eu adoro que as pessoas o abraçam do jeito que querem. Sempre que há um filme de Hollywood em que alguém mantém seu bebê, as pessoas chamam de um filme pró-vida. É realmente um filme sobre a família, sobre a cura, sobre a pobreza. Corta tão profundamente o sofrimento que acho que o fato de ela mantêr seu bebê é a parte menos significativa do sentido do filme.

Vanessa Hudgens

Eu li que você se envolveu tanto no filme que isso a afetou muito pessoalmente. Você disse que estava separada, perdeu seu auto senso. Você pode falar sobre o que você estava sentindo?
Eu estava tão acostumada a interpretar esse personagem que eu me tornei completamente desengatada com quem eu era. Quando você está em um determinado estado de espírito por um longo período de tempo, é muito interessante como você começa a se tornar essa pessoa. Minha auto-confiança estava em baixa todos os tempos. Eu me senti muito mansa e não me amava ao todo. Felizmente, eu tive minha melhor amiga para me tirar dessa. Eu só tinha que levar algum tempo para mim mesmoa voltar ao meu corpo, e perder o peso novamente. Extensões ajudaram. (risos). Yoga meio que me salvou também. É colocar minha mente à vontade.

Qual cena você diria que você mais se orgulha?
Eu realmente amei explodir em ferocidade, porque isso não é realmente algo que eu já fui capaz de fazer. Eu comecei a chorar, eu comecei a ficar triste, mas nunca tive que explodir [assim]. É um tal de alta que eu estava sentindo depois que a Apple foi deixada na clínica de aborto.

O que te fez tão persistente para ganhar este papel e por que você estava disposta a ir tão longe por tantas transformações para se tornar este personagem?
É tão raro que você começa a se transformar muito para se tornar um personagem como este. Eu acho que é um sonho de todo ator de realmente mudar a si mesmos, seja física ou mentalmente, e interpretar alguém completamente diferente. Algo dentro de mim só sabia que eu tinha que fazer isso. Eu estava realmente conectada com o meu personagem. Eu acho que ela sentou-se dentro de mim e esperou por uma maneira de ser canalizada para fora.
Você pode falar um pouco sobre como se preparou para o papel e sua experiência nos abrigos?
Eu fui para o abrigo para cerca de três semanas antes de começarmos a filmar e eu não poderia ter pedido uma melhor maneira de me preparar para este papel. Eu estava completamente submersa neste mundo e meu foco principal era me tornar uma delas. Eu construí alguns relacionamentos surpreendentes. Eu realmente valorizo ter as meninas ao redor, vendo o que eles foram dentro e que tem as animado. Isso realmente me permitiu ficar no mesmo espaço de cabeça delas. Quanto à transformação física, eu ganhei um pouco de peso antes de eu ir para o abrigo, o que realmente deu o tom que eu penso. Eu me sentia diferente em meu próprio corpo. A maneira que ela se apresenta é muito específica.
Pergunta de Krauss para Vanessa: Onde você conseguiu a sua voz e o jeito que anda? Você teve uma caminhada muito específica e as pessoas me perguntam sobre.
Eu acho que a caminhada honestamente começou com a tentativa de se locomover sem ser reconhecida. Quando você toma o espaço, você leva mais energia e as pessoas percebem isso. Mas quando você deixa seus ombros caírem, você é capaz de deslizar em torno um pouco mais timidamente. Acho que veio com isso e minha própria visão de ser difícil. Eu sinto que muitas coisas aconteceram inconscientemente também.
Você está cansada das pessoas perguntando se você está tentando de se afastar da Disney?
Um pouco. (risos). Esse não é só o caso. Eu estou muito mais velha agora!
Você acha que não há quaisquer transformações que você teve que percorrer para se tornar a Apple que vai ficar com você?
Honestamente, eu me sinto tão desconectada dela. Não se sabe quem é a pessoa na tela. Foi um tempo maravilhoso e uma verdadeira metamorfose e é claro que ela ainda está dentro de mim em algum lugar. Mas eu cresci.

Como foi se tornar jovem de novo?
Eu penso em mim como um espírito jovem. Mas a idade não era muito relevante. Este empreendimento era algo que eu nunca tinha feito antes, então eu me tornei uma criança nesse sentido. Isso tudo foi tão estranho que me fez sentir muito jovem e perdida.

Você quer ser mãe um dia?
Qual garota aqui não quer ser? (risos).

Para conferir a matéria original, clique aqui.

Tradução exclusiva do Vanessa Hudgens Brasil. Não copie sem dar os devidos créditos!

Categorias: Entrevistas, Notícias

This post discussion is closed.

Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados