16.03.2013
Postado por Lucas Teixeira

O site LA Weekly fez uma matéria onde o diretor de Spring Breakers, Harmony Korine, fala um pouco mais sobre o porque do filme ser assim e o que o inspirou a escrever o filme. Confira a matéria traduzida e adaptada:

Para a maior parte do mundo, spring break parece ser muito divertido, mas as pessoas que vivem em Miami, Fort Lauderdale ou South Padre Island entendem o lado obscuro. Jovens universitários passam uma semana bebendo, sujando as ruas e usando camisetas que dizem “Eu sobrevivi ao spring break”, alegremente cegos ao fato de que eles são a única coisa razão que dificulta a sobrevivência de South Beach.

Mas Harmony Korine, roteirista e diretor de Kids, Gummo, e Trash Humpers, vê um lado obscuro. Existe muita maldade por aí, nas ruas, e o mal pode ser bem sedutor.

Seu novo filme, Spring Breakers, estrelado por James Franco e Selena Gomez, pode parecer atrativo, transparecer um ótimo momento, mas por trás disso, é muito mais sinistro.

Por anos, eu venho coletando imagens de spring breaks. Eu não tinha certeza para o que usaria elas.” Ele conta. “Apenas fotos de adolescentes se divertindo na praia, comemorando. E então eu comecei a notar conexões nos detalhes, quase como uma linguagem oculta ou algo assim. Isso serviu quase como uma poesia estranha nisso tudo, e então eu meio que gostei disso. Então eu tive essa imagem de garotas em biquíni na praia roubando turistas, e é assim que tudo começou.

Enquanto crescia, Korine sempre viu o spring break como um momento em que os jovens pudessem esquecer de tudo e ser alguém que não eram, em uma névoa gloriosa de álcool, doce pegajoso e anonimato.

Eu cresci no Tennessee em torno da cultura do spring break, isso era algo que todos esperavam to. Ir para a Flórida e destruir coisas, ter relações sexuais, e fingir que isso tudo nunca aconteceu. Era apenas parte da tapeçaria na época,“, disse ele. “Eu meio que gostei da ideia como plano de fundo ou mais ainda como uma metáfora.

É uma metáfora também que se poderia aplicar ao pop moderno e hip-hop, o que influenciou Korine, enquanto ele estava escrevendo. Essas coisas podem ser brilhantes, vibrantes e colorida pelo lado de fora, mas no fundo, o conteúdo pode conter assassinato e confusão.

Spring Breakers não é realmente um filme sobre spring breaks, por si só,” disse ele. “Ele usa isso como plano de fundo, mas é mais sobre um tipo de mitologia e a natureza sinistra de coisas. Uma vez que essas meninas conhecem o personagem Alien e são apresentadas a esse mundo do crime, que é totalmente diferente – o mundo da armadilha, e das gangues e das drogas e do dinheiro e do sexo – é sobre como todas as coisas se fundem e tornam-se de certa forma como uma experiência espiritual para eles.

Uma vez que as spring breakers, interpretadas por Selena Gomez, Vanessa Hudgens, Ashley Benson, e Korine Rachel, deixam-se levar por Alien, o drogado e traficante de armas atuado por James Franco, elas se perdem na loucura. Deixa de ser sobre sol e praias, e as audiências vão juntas para o passeio.

É mais sobre o que acontece quando você está nas estradas secundárias, passando pelos pontos turísticos,” ele disse , “as casas de praia em ruínas, os traficantes de drogas, o tipo de praia vazias, o tipo de ambiente e ressaca. Isso foi mais do que eu estava interessado, aquele sentimento.

Korine sempre foi atraído por esta dupla natureza da realidade. Seus filmes anteriores, foram ao mesmo tempo muito divertidos e honestos, são às vezes desconfortáveis de se assistir. Com certeza, Spring Breakers continua essa tradição.

Eu sempre achei que está era a parte mais interessante, os personagens e linha de história mais intrigantes,” ele conta, “ter essa ambiguidade moral ou até mesmo ambiguidade visual, coisas que te atraem e te dão repulsa. Eu nunca senti como se a vida fosse apenas de um jeito, que ou todas as pessoas são boas ou todas as pessoas são más. Há também beleza no horror. É mais confuso, mas também é mais interessante.

Fonte: Selena Gomez Brasil

Categorias: Notícias

This post discussion is closed.

Pesquisar

Assista Vanessa Hudgens
APOIO
Vanessa Hudgens Brasil Todos os direitos reservados